::ACTIVIDADES

FORMAÇÃO MÚSICO-PEDAGÓGICA

A regularidade da oferta de formação contínua de professores, através da leccionação de cursos intensivos e workshops, tem contribuído para o desenvolvimento dos profissionais da educação musical. A diversidade geográfica da formação responde a necessidades de várias regiões do país, onde a oferta tem sido reduzida. O elevado número de participantes e o empenhamento que têm revelado na sua prática docente, indicam o interesse que esta formação tem suscitado e a sua repercussão positiva no ensino da música.
  • Cursos de Pedagogia Musical, orientados por Jos Wuytack, para professores de música, educadores, estudantes e animadores, realizados em 14 localidades (Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Aveiro, Guarda, Anadia, Beja, Vila Nova da Baronia, Portimão, Faro, Fundão, Bragança e Amadora), com uma média de 80 participantes por curso.
  • Livros de apontamentos, elaborados por Graça Boal Palheiros, contendo os princípios e metodologias apresentados nos cursos, oferecidos aos participantes.
  • Workshops musicais, orientados por Graça Boal Palheiros, para educadores e professores do ensino básico, realizados em 14 localidades (Alcobaça, Beja, Braga, Chaves, Castelo Branco, Évora, Fundão, Leiria, Paredes, Pedrógão Grande, Portimão, S. João da Madeira, Vila Nova de Gaia e Vila Real), com uma média de 30 participantes por acção.
  • Cursos para professores de Música no 1º Ciclo do Ensino Básico, orientados por Graça Boal Palheiros, em colaboração com Escolas de Música (Esposende e Alcobaça)
PROJECTO EDITORIAL

A publicação de materiais didácticos, em língua portuguesa, contribui para o ensino da educação musical, uma área ainda carenciada no nosso país. O material audio para apoio ao ensino de canções a crianças é especialmente pertinente, considerando as dificuldades de educadores de infância e professores do 1º ciclo, e a escassez de instrumentos nos jardins de infância e escolas.

A perspectiva multicultural do conhecimento musical, pertinente na actualidade, tem sido focada nos conteúdos das acções de formação e dos livros e CD publicados. Esta perspectiva reflecte-se na divulgação, em Portugal, da música tradicional de outras culturas (canções adaptadas para português); e na divulgação do património musical português além-fronteiras, através da inclusão de música erudita e tradicional portuguesa (edições em castelhano), e da difusão destas publicações, em encontros internacionais de educação musical.

Apesar das dificuldades financeiras e dos reduzidos meios de divulgação, a grande aceitação que as publicações da AWPM têm tido junto dos interessados, bem como o apoio financeiro de algumas entidades, têm constituído um estímulo para prosseguir o projecto editorial realizado até à data: oito publicações, em dez anos (ver EDIÇÕES).

ACTIVIDADE MUSICAL E CULTURAL

A AWPM possui um conjunto de instrumentos Orff, parte do qual foi doado por Jos Wuytack. Alguns destes instrumentos foram-lhe oferecidos pela Fundação Orff de Munique, por ocasião da atribuição da Medalha de mérito pedagógico. Os instrumentos têm sido utilizados em cursos de formação, e alguns deles têm sido cedidos a grupos de música, para a realização de ensaios e concertos.

A promoção de concertos destinados a públicos infanto-juvenis, em diversas localidades, e em que participam grupos corais e instrumentais de jovens de várias regiões, proporciona um intercâmbio de experiências musicais e sociais enriquecedoras, e tem sido um estímulo para crianças e jovens iniciarem ou prosseguirem a sua aprendizagem musical.

As gravações para edições em CD, pela motivação que suscitam nos jovens intérpretes, representam mais uma oportunidade para o aperfeiçoamento da prática musical. As edições da AWPM têm estimulado a actividade editorial de varias entidades, bem como a realização de concertos em escolas, envolvendo alunos, professores e famílias. Estas actividades são uma fonte de enriquecimento cultural para a comunidade educativa e social, e um incentivo para a promoção e o apoio a iniciativas similares, por parte de entidades locais.
  • Concertos em escolas e jardins de infância, com peças de vários compositores, para vozes, flautas de bisel, percussão e instrumental Orff. Especialmente dedicados às crianças e aos docentes, foram interpretados por estudantes de música, e tiveram lugar em várias localidades: Porto, Matosinhos, Maia (Dia Mundial da Música), Chaves, S. João da Madeira, Beja (Dia Mundial da Criança).
  • Concertos de Homenagem a Jos Wuytack, comemorando os XXV Cursos de Pedagogia Musical em Portugal, em Setembro de 1997, com obras do compositor para coro, flautas de bisel, piano e instrumental Orff. Realizados na Fundação Eng. António de Almeida, no Porto, e no Teatro da Trindade, em Lisboa, foram interpretados por três grupos: Coral Infantil de Carcavelos, sob a direcção de Pedro Fragoso; Coral da Escola Secundária D. Pedro V, sob a direcção de João Chaves; Orquestra Orff do Porto e Solistas da OOP, sob a direcção de Rui Ferreira e José Prata.
  • Participação no Concerto da Fundação Musical dos Amigos das Crianças, com o lançamento do CD Canções Tradicionais Portuguesas, de Jos Wuytack, em Junho de 1999, no Grande Auditório da Cuturgest, em Lisboa. Organização da exposição Ilustrações para Canções Tradicionais Portuguesas, da autoria de Acácio de Carvalho, realizada no mesmo local.
  • Concerto Cantar o Natal, para lançamento do livro homónimo de Jos Wuytack, com canções e uma cantata, em Dezembro de 2000. Realizado na Fundação Eng. António de Almeida, no Porto, foi interpretado pelo Coro Infantil e Orquestra Orff do Centro de Cultura Musical de Caldas de Saúde, sob a direcção de Eduardo Rocha.
  • Participação nos Concertos de Natal da FMAC, com o lançamento do CD Cantar o Natal / Cantar la Navidad, de Jos Wuytack, em Dezembro de 2002. Estes concertos tiveram lugar no Centro Cultural de Belém e no Auditório da Sociedade de Geografia, em Lisboa, e foram interpretados pelo Coro Juvenil, Coro de Câmara e Orquestra da FMAC, sob a direcção de Leonardo de Barros.